• Felipe Hosken

Lista: Pennywise e Offspring: 1 música de cada disco.


As duas bandas estão, ou melhor, estavam, com as malas prontas para tocar esse ano no Brasil, mas devido à pandemia os shows serão remarcadas. Até o momento as datas não foram divulgadas, mas parece que vai ficar para 2021. Por causa do show que não aconteceu tive a ideia de criar uma playlist com uma música de cada disco de cada banda em ordem cronológica. Considerei apenas os discos de estúdio, ou seja, singles, eps, coletâneas e discos ao vivo não entraram na brincadeira. No entanto, Reason to Believe, disco do Pennywise de 2008 não está nas plataformas digitais. É a única baixa. Outra ideia foi evitar os grandes hits ou as músicas mais manjadas, ou seja, nada de "Self Esteem" ou "Bro Hymn". Confira a lista:


1. "I'll Be Waiting" (Offspring, Offspring, 1989)

O primeiro disco do Offspring não tem muitas destaques e nunca é lembrado ao vivo. "I'll Be Waiting" é minha favorita junto com "Jennifer Lost The War".


2. "Living For Today" (Pennywise, Pennywise, 1991)

Diferente do Offspring, o 1º disco do Pennywise é recheado de músicas favoritas dos fãs e hits underground que sempre fazem parte do set. Escolhi "Living For Today" por ser bem emblemática - quase um slogan da banda - e também por ser a minha favorita.


3. "Kick Him When He's Down" (Offspring, Ignition, 1992)

Se o primeiro disco do Offspring não rendeu muita coisa, o mesmo não pode ser dito de Ignition. Discaço que já foi tocado na íntegra à época do aniversário.


4. "Dying to Know" (Pennywise, Unknown Road, 1993)

Apesar de ser um disco importante e favorito de muita gente, o Unknown Road nunca me encatou muito. "Dying to Know" é a minha favorita disparada e apesar de já ter visto a banda ao vivo algumas vezes, eles nunca incluíram essa no set. Quem sabe na próxima?


5. "It'll Be A Long Time" (Offspring, Smash, 1994)

O disco que mudou tudo para o Offspring e abriu portas para toda uma geração de bandas. Possui os maiores hits da banda, como "Come Out and Play" e "Self-Esteem". Um disco que poderia ter escolhido qualquer faixa. A escolha de hoje foi essa!


6. "It's What You Do With It" (Pennywise, About Time, 1995)

O disco mais importante do Pennywise e, na minha opinão, o melhor. Tem os grandes hits da banda, e diversas favoritas. "It's What You Do With It" é a minha e, assim como "Dying to Know", espero que um dia esteja no set.


7. "Cool To Hate" (Offspring, Ixnay On The Hombre, 1996)

Acho esse disco bem irregular. O dedo coçou para colocar "All I Want" que é a melhor do disco e uma das melhores da banda, mas como queria fugir do óbvio, fui de "Cool to Hate" que é minha segunda favorita do disco.


8. "Broken" (Pennywise, Full Circle, 1997)

Primeiro disco após a morte do baixista, Jason. Um bom disco, "Broken" é uma das favoritas dos fãs.


9. "Have You Ever" (Offspring, Americana, 1998)

O último grande disco do Offspring. Americana tem uma penca de hits e diversas favoritas dos fãs. A minha é "Have You Ever".


10. "Can't Believe It" (Pennywise, Straight Ahead, 1999)

O Straight Ahead é um ótimo disco e rendeu bons singles. "My Own Country" e "Alien" são bem frequentes no set. "Can't Believe It" é rápida e rasteira. Pennywise fazendo o que sabe fazer melhor.


11. "All Along" (Offspring, Conspiracy Of One, 2000)

Um disco bem fraco, mas que foi salvo comercialmente por "Original Prankster" e "Want You Bad", a mais legal do disco. "All Along" está escondida no final do disco, mas soa como um Offspring mais clássico. Música rápida e refrão sing-along.


12. "It's Up To You" (Pennywise, Land of the Free?, 2001)

Outro bom disco do Pennywise, bem regular. Tem o grande hit "Fuck Authority". "It's Up To You" é a minha favorita ao lado de "My God".


13. "Da Hui" (Offspring, Splinter, 2003)

Splinter é um pouco melhor do que o anterior. "Da Hui" é um deslocado skatepunk rápido sobre surfistas havaianos.


14. "Waiting" (Pennywise, From The Ashes, 2003)

Um disco honesto da banda, mas que passou bem batido. Tem boas canções, mas não rendeu nenhuma grande favorita entre os fãs. "Waiting" às vezes é lembrada ao vivo.


15. "Disconnect" (Pennywise, The Fuse, 2005)

Um disco ok da banda. Assim como o anterior, não deu em muita coisa. "Disconnect" tem uma letra legal sobre dependência digital.


16. "Takes Me Nowhere" (Offspring, Rise and Fall, Rage and Grace, 2008)

Talvez o melhor disco desde o Americana. Tem boas músicas, rendeu alguns singles que sempre estão no show, como "You're Gonna Go Far, Kid". Mas acho "Takes Me Nowhere" a melhor do disco, com umas frases de guitarra muito maneiras.


17. "Locked In" (Pennywise, All Or Nothing, 2012)

O único disco do Pennywise com o Zoli Téglás, do Ignite, nos vocais. Um disco muito bom, mas não muito lembrado pelos fãs. Escolhi a última faixa do disco, a nervosa "Locked In".


18. "Slim Pickens Does The Right Thing And Rides The Bomb To Hell" (Offspring, Days Go By, 2012)

Days Go By é o pior disco da banda. Pouca coisa se salva. A melhor para mim é a última faixa de nome gigante. A única que tem algum resquício de um Offspring decente.


19. "Violence Never Ending" (Pennywise, Yesterdays, 2014)

A banda resolveu resgatar músicas perdidas do ínicio da banda nesse disco. Nada muito memorável.


20. "Live While You Can" (Pennywise, Never Gonna Die, 2018)

O melhor do disco do Pennywise desde Straight Ahead. Poderia ter escolhido qualquer faixa.


Ouça a playlist:



20 visualizações
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon

© 2023 by The New Frontier. Proudly created with Wix.com